segunda-feira, 21 de novembro de 2011

“Minha casa virou uma lixeira”, relata moradora

Publicamos abaixo fotos e o relato de um grupo de moradores sobre o transtorno causado na rua Demétrio Ribeiro após a implantação de contêineres de lixo.

 “Peço apoio na divulgação do grupo MINHA CASA VIROU UMA LIXEIRA no Facebook, iniciativa de moradores que, depois da conteinerização, tiveram suas vidas transtornadas por conta do excesso de lixo, da coleta que não é feita na freqüência necessária e dos moradores sem educação. Segue foto de como ficaram duas casas antigas na Demétrio Ribeiro. A sujeira é constante, o chorume impregnou as calçadas e o lixo se acumula diariamente por muitas horas nesse estado”.

O E-mail é assinado pelos leitores João, Marga, Krishna, Nazareth e vizinhos.

O vereador informa que já contatou o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) cobrando a limpeza da área e demais providências. Adeli Sell sempre foi favorável à conteinerização do lixo em Porto Alegre. A ideia, segundo ele, não é ruim, pois um dos grandes problemas da cidade é o acúmulo de sacos plásticos com lixo nas calçadas esperando a coleta.

"O problema é que a grande maioria da população ainda desconhece que eles são destinados apenas para lixo orgânico. Outra falha do sistema é que não há recolhimento diário do lixo e como estão colocando lixo reciclável além do orgânico nos contêineres eles normalmente estão sempre cheios e com sacos de lixo em volta", alerta o parlamentar.

Por Tatiana Feldens, Assessoria do Vereador

Um comentário:

cryador disse...

Não é que a "população ainda desconhece que eles são destinados apenas para lixo orgânico". TODO mundo tá careca de saber isso. MAS ninguém vai deixar um lixão grande dando sopa quando precisa se livrar de lixo não-orgânico. Precisamos de um container para NAO-ORGANICOS ao lado. E mais coletas dos containers orgânicos. Simples assim.