segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Caros generais, almirantes e brigadeiros - Parte II

Buenas, eu pensei que a esquerda que me segue, os democratas que leem meu blog, fossem fazer comentários.
Mas vejo que tenho gente que não concorda nem um pouco comigo ideologicamente me seguindo, mandando seu recados, postando.
Espero que, como digo nos meus boletins, o debate seja livre, sem xingamentos, mas com exposição de idéias.
Os comentários não são de MINHA RESPONSABILIDADE, mas do que a escrevem.
Gostaria que não fossem comentários anônimos.
Dias atrás, publiquei uma nota de uma pessoa, lascando o pau num comentário meu. Publiquei, outra pessoa leu, achou que era minha posição, desencou comigo.
Eu sou um democrata.
Novas gerações tem que saber o que se passou na I e II Grande Guerras.
Tem que saber que o stalinismo nada tem a ver com marxismo.
Nem a URSS é exemplo de socialismo e democracia.
Nunca fui e nunca serei castrista.
Já fui trotskista, na juventude. Não renego. Muito aprendi.
Hoje sou um democrata, que luta por teses sociais, como redistribuição de renda, contra a pobreza, pela Bolsa Família vinculada a formação para o mundo do trabalho, por geração de renda e trabalho, por impostos diferenciados etc
O debate está mais do que aberto.

Um comentário:

valeriobrl disse...

Esse post è um dos melhores que voçe escreveu. Concordo plenamente.
Um abraço da Italia.