quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Viaduto Otávio Rocha entra para o Calendário Oficial


A partir de agora está instituída a Semana Municipal do Viaduto Otávio Rocha, que passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Município de Porto Alegre. A Lei N° 10.738, criada por iniciativa do vereador Adeli Sell e agora aprovada, prevê que na primeira semana do mês de dezembro aconteçam eventos que contribuam para sensibilizar e conscientizar a população para a importância de conservar este importante patrimônio histórico e cultural da cidade.
A ideia de criação do viaduto data de 1914, quando foi elaborado o I° Plano Diretor de Porto Alegre. O objetivo era ligar as zonas leste, sul e centro através da abertura de uma rua que cruzasse o morro que dificultava a circulação entre as regiões. Mas foi em 1926, durante as gestões do prefeito Otávio Rocha e do presidente do Estado Borges de Medeiros, que tiveram início as obras de construção do viaduto.
Inscrito no Livro de Tombo desde 1988, o viaduto Otávio Rocha conta hoje com 34 lojas de diferentes ramos de atividade. Também no viaduto estão localizados o Teatro de Arena e a Associação Riograndense de Imprensa, importantes focos de resistência à ditadura militar. Desde 1978 um grupo de moradores se mobiliza para cuidados com a preservação do viaduto, tendo, em 2007, sido formalizada a Associação de Moradores e Permissionários. A Semana do Viaduto Otávio Rocha será ocasião para que o grupo, com o apoio da Prefeitura, ajude a renovar o olhar de todos os porto-alegrenses para a beleza e importância deste monumento da cidade.
Para Adeli Sell, “não basta fazer uso do viaduto, é preciso que, por vezes, nos detenhamos para apreciar sua majestosa beleza, para que sua conservação permanente permita que este legado seja transmitido às novas gerações e a todos que visitam nossa cidade”.

2 comentários:

César Bento disse...

BOa iniciativa. só espero que a Prefeitura dê um jeito de limpar o viaduto

Sítio Encantado disse...

Caro Adeli

Aquela idéia de criar um SAT no viaduto sempre me pareceu muito interessante. Vamos por em andamento.

um abraço

Alexandre Luz