terça-feira, 29 de dezembro de 2009

BYE-BYE CASAS BAHIA

Pude comentar a fugida das Casas Bahia do RS e em especial de POA em uma rádio e num canal de TV.

O primeiro comentário que fiz me dei conta depois e corrigi na TV foi a questão tributária. Mas discordo do Paiani. Acho que agiu bem a SeFaz neste caso. Age mal a SeFaz quando não fiscaliza, como acontece de modo corriqueiro, deixando empresas "pintarem e bordarem" com o nosso povo.

Casas Bahia sempre foram uma grande enganação. É e continua sendo no resto do país um banco travestido de vendedagem de mobiliário e bens de consumo.

Vão tarde as Casas Bahia. Que o Sindec chame o Sindilojas e negocie o aproveitamento destes profissionais desempregados em outras empresas.

Sobre o sotaque, deixa para lá, mas que a publicidade deles é um horror e não tem nada que ver com nossa cultura, que felizmente ainda está um pouquinho acima da média, um povo um pouquinho mais exigente.

Voltando ao sotaque, fico com as lojas do Seu Adelino Colombo, do Seu Atilio Manzoli e outros de boa sepa local.

Fico com o sotaque gaúcho do Zaffari, da Rede Aampa, coordenada pelo meu colega Mauro Pinheiro, da Unisuper, Unimax etc.

Mas é apenas uma opinião.

Se for instigado por alguma mídia, escrevo um artigo de fôlego.

Adeli Sell

Vereador

Presidente do PT-POA(2010-12)

Um comentário:

Adão disse...

Prezado Adeli, sempre admirei em ti essa capacidade de divergir com serenidade, tolerância e espírito democrático. Tua longa trajetória na defesa das boas causas fala por si.

A intenção do artigo não foi tecer loas a Casas Bahia. O grupo merece o mesmo respeito e consideração devidos a qualquer outro investidor sério, venha de onde vier.

O que se espera é que venham para cá com a intenção de investir na atividade produtiva, gerando; repito; receita, emprego e renda; e cumprindo sua função social.

Não importa a cor do gato, contanto que coma o rato, já dizia Deng Xiao-Ping, há trinta anos; usando a velha filosofia chinesa, muito anterior a ele.

Acredito na falta de habilidade da SEFAZ ao lidar com o assunto; bem de acordo com a atual política de governo de colocar os pés pelas mãos, sempre e em qualquer circunstância, num exercício infantil de demonstração de poder; bem típico dos despreparados que se julgam espertos.

Tentei alertar para a notável condescendência da imprensa para com as trapalhadas do Governo justamente em uma situação em que essa mesma imprensa seria implacável, outro fosse o responsável.

Tivesse acontecido no Governo Olívio ou em qualquer outro que não contasse com a cumplicidade da mídia gaudéria; o fato seria manchete não apenas no jornal, mas nos telejornais, nas rádios; alvo de debates, entrevistas, enquetes e programas intermináveis.

De resto, o bom debate é indispensável. Ainda bem que podemos contar com o RS Urgente e com a paciência do Marco em nos proporcionar um espaço qualificado prá isso.

Aproveito para te cumprimentar pela escolha como Presidente do PT-POA. O engajamento permanente na vida partidária, retidão e coerência te credenciaram para tal.

Fraterno abraço, feliz ano novo, e boa luta.

Adão Paiani